• Luana Fernandes

Crise hídrica: formas de evitar o desperdício da água


A crise hídrica é caracterizada como a falta de água para abastecimento humano em cidades e é um problema existente dentro da sociedade que se torna um entrave para o desenvolvimento do meio ambiente e crescimento da economia brasileira. Segundo estudos, o Brasil é um dos países com maior disponibilidade de recursos hídricos, possuindo cerca de 12% do total mundial, além disso, as três bacias hidrográficas com maior volume de água doce do mundo estão no Brasil. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU) na Bacia Amazônica escoam um quinto do volume de água doce do planeta e se fosse distribuído de forma igualitária, o volume de água por habitante seria 19 vezes superior ao mínimo estabelecido.

Sabe-se que a distribuição da água no nosso território não ocorre de maneira igual para toda a população, isso porque até a disponibilidade desse recurso no território é bastante irregular. As características geográficas das regiões são pontos relevantes visto que são diferentes em cada local, o que faz com que a distribuição ocorra de forma alterada em todo o país. Outros fatores como o desmatamento e fenômenos naturais também influenciam diretamente essa questão.

Dessa forma, percebe-se que é necessária uma boa gestão dos recursos hídricos brasileiros vinda da população. Você sabe a importância de saber gerenciar o uso desses recursos? Separamos a seguir, algumas formas de como economizar água e ajudar no combate à crise hídrica:


Fonte: Pexels


Como evitar o desperdício?


O consumo de água cresceu duas vezes mais do que a população nas últimas décadas, e para entender o desperdício desse recurso, é necessário olhar para os índices de perdas de água dentro do território. Quando a água é desperdiçada não é possível aproveito pelos consumidores e nem mesmo pelas concessionárias dos serviços, o que agrava cada vez mais o problema socioambiental dentro da nossa sociedade. Assim, pequenas atitudes cotidianas que repensadas com mais consciências se tornam efetivas no combate ao desperdício.



Verificar vazamentos


Uma forma eficiente para evitar esse desperdício é verificar se há vazamentos na sua residência. Para isso, é preciso fechar todas as saídas de água e o registro do hidrômetro para que o fluxo de água seja interrompido. O hidrômetro é o equipamento utilizado para medir o consumo de água nos imóveis, dessa forma siga o passo a passo para verificar vazamentos:

  1. Desligue os aparelhos que usam água

  2. Anote o número que consta no seu hidrômetro

  3. Volte uma hora depois e confira novamente

Se o número alterou possivelmente há vazamentos ou o hidrômetro está quebrado, se isso acontecer será necessário entrar em contato com a Sabesp ou procurar uma ajuda especializada.


Fonte: Pexels



Atenção no uso de energia elétrica


Quando falamos em economizar energia elétrica também falamos em poupar os recursos hídricos. No território brasileiro, quase 90% de toda energia é gerada pela força das águas o que evidencia que a matriz energética brasileira está associada ao volume de chuvas e a vazão dos rios. Um dos equipamentos elétricos que mais consome energia dentro das residências é o chuveiro, que consequentemente é o responsável pelo maior consumo de água. Dessa forma ficar atento à temperatura, ao tempo de duração do banho e a vazão dos chuveiros traz grande eficácia, assim como fazer o uso de lâmpadas de LED que são versões ecológicas e mais econômicas dentro do mercado porque consomem menos energia que uma lâmpada comum.



Cuidado com as atividades rotineiras


A junção de algumas atividades do dia a dia podem resultar no gasto de litros de água no fim das contas. Você sabia que deixar a mangueira aberta por trinta minutos para lavar uma área de sua casa libera aproximadamente 560 litros de água? Com isso, é possível perceber que pequenas mudanças são ótimas maneiras de reduzir o desperdício como aproveitar a água da chuva para regar as plantas e lavar roupas, usar a água da máquina de lavar para lavar uma calçada, além dos exemplos já listados acima.


Fonte: Pixabay


A preservação da água é de extrema importância, especialmente com as frequentes notícias de ameaça de estiagem e crise hídrica em diversas regiões do país. A conscientização da população é fundamental para que haja um trabalho coletivo em prol de práticas mais sustentáveis e ações efetivas no dia a dia que visem melhorar o cenário atual.

Pequenas ações que façam parte da rotina das pessoas mostram a importância da preservação desse recurso que é essencial para a vida e necessária para a sobrevivência dos seres vivos.


Junte-se a IMar Júnior e invista em ações para contribuir com o meio ambiente e o acesso a um bem de qualidade unificado! Você pode ficar por dentro desse de outros assuntos para inserir práticas mais sustentáveis em sua vida.





Referências:


https://sustentavel.com.br/crise-hidrica-no-brasil-causas-e-como-combater/


Análise da efetividade do Água para Todos: avaliação de mérito do programa quanto à eficácia, à eficiência e à sustentabilidade, Fundação Getúlio Vargas, FGV DAPP, Rio de Janeiro, 2018.


https://guiadoestudante.abril.com.br/dossie-verde/entenda-como-as-acoes-humanas-interferem-na-crise-hidrica/





















































17 visualizações

CONHEÇA

NOSSOS

SERVIÇOS

  • insta
  • facebook
  • linkedin